terça-feira, 3 de junho de 2008

Podemos continuar a ser gamados

A Autoridade da Concorrência não identificou qualquer infracção à lei da concorrência na formação dos preços dos combustíveis em Portugal.

Manuel Sebastião, afirmou ao Carimbo Azul, que não houve qualquer pressão para atingirem este resultado. Disse ainda que não foi ameaçado pela Galp, nem pela BP ou Repsol, que a família nunca esteve em perigo e escusam de ir ver a sua conta porque não irão encontrar uma transferência de 500,000 Euros.

Deixou ainda a mensagem totalmente isenta: "A Galp ama-te!".

2 comentários:

bjecas disse...

Tudo na maior portanto.
Siga a roubalheira...

Abraço pá

\m/

Pintinho disse...

É isso mesmo. É untar com vaselina para não doer tanto e fazer cara alegre.


Abraço